Grã-Bretanha perto de ganhar a primeira taça Davis em 79 anos

29/11/2015 00:57

Os irmãos Jamie e Andy Murray deixaram a Grã-Bretanha a um ponto de erguer o troféu. Depois de ganharem o encontro de pares à seleção belga, os britânicos só precisam de mais uma vitória.

A dupla formada pelos irmãos Andy e Jamie Murray superiorizou-se aos belgas David Goffin e Steve Darcis em quatro 'sets', pelos parciais de 6-4, 4-6, 6-3 e 6-2.

No domingo, Andy Murray, número dois do mundo, começa por defrontar Goffin, 16.º do 'ranking', no terceiro encontro de singulares.

Em caso de vitória de Murray, a Grã-Bretanha conquista a décima Taça Davis, embora não levante a 'saladeira' desde 1936.

Caso Goffin garanta o segundo ponto para a Bélgica, o derradeiro e decisivo confronto, caso não haja alguma alteração de última hora, será discutido entre o belga Steve Darcis, 84.º da hierarquia, e o britânico James Ward, número 156.

Na sexta-feira, no encontro que inaugurou o embate decisivo da prova, Goffin desembaraçou-se, com grande dificuldade, do britânico Kyle Edmund, 100.º da hierarquia mundial, vencendo pelos parciais de 3-6, 1-6, 6-2, 6-1 e 6-0.

Depois, Andy Murray, claro favorito frente a Ruben Bemelmans, 108.º do circuito, não deu hipóteses e apenas sentiu algumas dificuldades no terceiro 'set', mas acabou por vencer em três partidas, com parciais de 6-3, 6-2 e 7-5.